Banner
Tradutor/ translator/ traductor/ Übersetzer/ traducteur/ traduttore/ oversætter

Castração

Considerado um trabalho de suma importância, tendo em vista o controle da proliferação de animais errantes, o Canil Municipal tem como norma doar somente animais castrados. O trabalho é realizado por três veterinários diariamente no período da manhã. O trabalho é aberto a população, que através do 156, agenda o dia que seu animal deve comparecer ao Canil Municipal.

Cuidados pré-operatório:

Os proprietários que levarão seu animal para ser castrado no CanilMunicipal,precisam seguir os seguintes procedimentos:

- Fazer jejum de água e comida de no mínimo 08 h antes da cirurgia.

- Informar a possibilidade do animal estar prenha.

- Informar qualquer alteração na saúde do animal no dia da cirurgia.

- No caso de desistência comunicar o canil com três dias de antecedência. Caso não seja comunicado o proprietário perderá o direito de castrar o animal.

Cuidados pós-operatório:

O proprietário do animal é instruído pelo veterinário a tomar algumas medidas para prevenir infecções ou complicações pós operatórias. As medidas são muito simples e de fácil assimilação.

- Alimentar (água e comida) somente 08h após a cirurgia.

- Manter o animal aquecido, protegido do frio, vento e chuva.

- Impedir que o animal lamba os ferimentos, colocando o “colar abajur”.

- Retirar o esparadrapo três dias após a cirurgia, limpar o ferimento, passar antisséptico (rifocina, iodo ou metiolate).

- Não é necessário tirar os pontos.

Por que devo castrar?

A castração reduz o numero de animais que nascem sem destino certo. Quando uma cadela ou uma gata gera uma ninhada indesejada, os destinos dos filhotes costumam ser as ruas (muitos animais com este perfil são recolhidos diariamente pelo Canil Municipal) onde ficam sujeitos a acidentes e doenças. O problema se agrava quando os poucos animais que sobrevivem ao primeiro ano cruzam com outros animais gerando ainda mais crias indesejadas. Para se ter uma idéia uma cadela ao lado de suas crias podem gerar um total de mais de 60 mil animais ao longo da vida. Nos casos dos gatos, os números são ainda mais alarmantes, pois o animal juntamente com suas crias podem geral mais de 400 mil filhotes.

Vantagens da castração:

As vantagens são inúmeras. Os machos deixam de fugir sempre que uma cadela da vizinhança está no cio, além de diminuir as marcações de território e o comportamento de dominância e agressividade. Em termos de saúde, evita-se a hiperplasia da Próstata (crescimento) e a ocorrência de tumores nos testículos. Importante: A castração não afeta o desempenho de guarda e proteção do animal.

Época ideal para castração:

É recomendado castrar o animal no seu primeiro cio, a partir dos seis meses de idade. Isso reduz em cerca de 90% as chances do animal desenvolver câncer da mama (além disso garante uma maior facilidade de recuperação pós-cirúrgica).

Vacina contra raiva:

Caso o animal ainda não tenha recebido a dose da vacina contra raiva no ano corrente, o Canil Municipal aplica a vacina sem custo algum para o solicitante. Caso o animal já esteja protegido contra a doença é obrigatório a apresentação da carteira de vacinação ou o comprovante da vacina.

Procedimento cirúrgico:

Nos machos consiste na remoção dos testículos . É diferente da vasectomia, que consiste no corte do canal que leva os espermatozóides para serem ejaculados. A castração de machos é menos traumática e arriscada, mais curta e tem recuperação mais rápida que a das fêmeas. Nas fêmeas a castração é feita através da remoção do útero e ovários através de uma incisão na barriga.

PostHeaderIcon Últimas Notícias